04/12/2019 Terra.com e Agência Brasil Livre MUNDO GLOBAL

Forte tufão atinge as Filipinas faz 11 mortos e centenas de desabrigados

Tufão

 

Forte tufão atinge as Filipinas faz 11 mortos e centenas de desabrigados

O forte tufão Kammuri atingiu as Filipinas nesta segunda-feira (02/12), com ventania a chuva torrencial, milhares de pessoas tiveram que ser evacuadas. Pelo menos 11 pessoas morreram nas Filipinas devido à passagem do tufão, outras 500 pessoas estão desabrigadas e em centros de acolhimento, segundo um novo balanço divulgado hoje pelas autoridades locais.

Cinco vítimas mortais foram encontradas na região de Bicol (leste do país) , outras cinco em Mimaropa (oeste) e uma na cidade de Ormoc (centro). Os dados são do Centro Nacional de Gestão de Desastres.  O tufão atingiu na noite de segunda-feira o sudeste de Luzon, a maior ilha do arquipélago, e na terça-feira, o sul da capital filipina.

O tufão Kammuri, ou Tisoy, como é chamado nas Filipinas, avança sobre o país e passa ao sul de Manila, ventos violentos e chuvas torrenciais para o centro das Filipinas, causando a evacuação de milhares de pessoas.

A imagem mostra a massa de nuvens carregadas de Kammuri em 2/12/2019, quando a velocidade máxima do vento do tufão atingiu 90 nós (170 km/h). A imagem foi adquirida pelo VIIRS (Visible Infrared Imaging Radiometer Suite) no satélite Suomi NPP operado pela NOAA-NASA.

Pela análise dos meteorologistas da StormGeo, nesta segunda-feira, 2, o tufão Kammuri atingiu a terra firme nas Filipinas perto da cidade de Legazpi. Continuando seu movimento para oeste, o centro da tempestade passa ao sul de Manila, a capital das Filipinas.

Depois de se deslocar sobre as Filipinas, Kammuri emerge no mar do Sul da China provavelmente na manhã da quarta-feira, 4 de dezembro, devendo mudar sua direção para sul/sudeste no decorrer da semana.

Projeção de deslocamento do tufão Kammuri

Na avaliação da StormGeo, Kammuri está enfraquecendo devido à interação com a terra e deve continuar com esta tendência enquanto atravessa as Filipinas. Depois de emergir no mar do Sul da China na quarta-feira de manhã.

A previsão é que o sistema continue enfraquecendo, enquanto se desloca pelo mar do Sul da China, porque os ventos em  nível superior que afetam o sistema são desfavoráveis. Kammuri deve ser reduzido a uma simples baixa pressão atmosférica na próxima  sexta-feira.

FONTE

https://www.terra.com.br/

http://agenciabrasil.ebc.com.br/