27/12/2019 Assessoria LIVRE ATITUDE GLOBAL

Jirau impulsiona o desenvolvimento do agronegócio em Rondônia

Economia

ECONOMIA

Jirau impulsiona o desenvolvimento do agronegócio em Rondônia

O cenário no setor da agricultura familiar em Nova Mutum Paraná e região foi marcado por transformação, trazendo mais desenvolvimento..

O cenário no setor da agricultura familiar em Nova Mutum Paraná e região foi marcado por transformação, trazendo mais desenvolvimento e geração de emprego e renda, elevando o mercado do agronegócio. Com recursos da Usina Hidrelétrica (UHE) Jirau, foram construídas duas agroindústrias em Nova Mutum Paraná, uma de farinha e outra de açaí com capacidade produtiva de centenas de toneladas anualmente.

As agroindústrias contam com uma cadeia de extrativistas da região para suportar sua produção e abriram as portas para novas possibilidades de geração de renda, que vêm beneficiando os produtores rurais da Associação do Reassentamento Rural Vida Nova e cooperados da Cooperativa de Produtores Rurais do Observatório Ambiental Jirau (COOPPROJIRAU). Dessa forma, vêm abastecendo o comércio local com farinha e açaí processado de qualidade e com segurança alimentar. Atualmente, já são 40 novos postos de trabalho, entre diretos e indiretos, que foram gerados formalmente.

Para a implantação dos dois empreendimentos, a UHE Jirau realizou estudos de viabilidade técnica, econômica e comercial, que embasou a elaboração de um plano de negócio bem estruturado, apresentando toda a trilha de organização, planejamento e desenvolvimento de cada negócio. Entre os pontos positivos confirmados nos estudos estão o alto consumo dos produtos pela população de Rondônia e o aproveitamento do potencial produtivo da agricultura familiar da região.

Para a Presidente da COOPPROJIRAU, Sandra Vicentini, a Agroindústria de Farinha, por exemplo, partiu de uma necessidade dos próprios agricultores familiares, fornecedores de matéria-prima, que acabavam produzindo a farinha de maneira artesanal nas próprias residências. “A Associação Vida Nova viu que eles precisavam de algum lugar para que pudessem processar essa matéria-prima, que hoje chega a 40 hectares de plantio de mandioca”, ressalta Sandra.

Agroindústria de Farinha de Nova Mutum Paraná

A Agroindústria de Farinha foi inaugurada oficialmente em 19 de setembro de 2019, porém está em funcionamento desde março de 2019. Produtores rurais já fornecem mandioca para a agroindústria, entre as localidades de Vila Jirau, Ramal Caldeirão, Linha 105 e Linha 67. Já foram processadas mais de 100 toneladas de mandioca e tem uma produção aproximada de 24 toneladas de farinha sendo comercializadas em mercados da região, gerando assim, renda para as famílias produtoras e cooperadas.

Agroindústria de Açaí de Nova Mutum Paraná

A implantação da Agroindústria de Açaí de Nova Mutum Paraná foi concebida através da demanda de extrativistas que exploravam o açaí nativo dessa região. Para atender esse público, a Usina Jirau construiu e equipou a agroindústria, bem como recuperou Áreas de Preservação Permanente (APP’s), utilizando o açaí entre as espécies florestais empregadas na recuperação dessas áreas. Hoje a produção de açaí congelado torna-se realidade em Nova Mutum Paraná, promovendo desenvolvimento econômico e social para a região. O açaí processado na agroindústria advém, principalmente, de florestas nativas de Rondônia e de várias outras regiões, inclusive dos Estados do Acre e do Amazonas. Ao todo, mais de 18 produtores/extrativistas já forneceram açaí para a agroindústria. Até o momento, em pouco mais de dois meses de funcionamento, já foram produzidas e comercializadas mais de 16 toneladas de açaí.

Fonte> Diário da Amazônia.