07/01/2020 Diário da Amazônia LIVRE NOTÍCIAS

A ponte de Abunã trará desenvolvimento para a região

Ab

A ponte de Abunã trará desenvolvimento para a região

Contribuindo para sustentabilidade econômica e social da região Norte, beneficiando toda área territorial da Ponta do Abunã, a ponte em..

Contribuindo para sustentabilidade econômica e social da região Norte, beneficiando toda área territorial da Ponta do Abunã, a ponte em fase final de construção sobre o rio Madeira que deverá ser inaugurada pelo presidente Jair Bolsonaro, os governadores de Rondônia, Marcos Rocha e do Acre, Gladson Camelli em 2020, vai impulsionar o desenvolvimento transformando a paisagem de uma área com mais de 300 mil hectares de terras aptas para o cultivo de lavouras em larga escala.

No trecho de 160 quilômetros entre o rio Madeira às margens da BR 364, em direção a divisa com o Acre, ali 125 mil hectares de terras férteis, composta pelos distritos de Nova Califórnia, Vista Alegre do Abunã, Fortaleza do Abunã e Extrema com um rebanho bovino de aproximadamente 225 mil cabeças, onde no passado as áreas originais foram antropizadas e degradadas, com tecnologia moderna estão sendo recuperadas para o plantio de soja e milho.

Um estudo elaborado por técnicos da Embrapa revelam que as lavouras de soja e milho ajudam a recuperar áreas de pastagens mantendo o rebanho bovino integrado com o sistema de produção. Isso significa que o agronegócio moderno pode ser preservado com a floresta, as lavouras, a bovinocultura produzindo e gerando riquezas sem que um ocupe o espaço do outro.

Fonte: José Luiz Alves