08/08/2017 RONDONIAVIP LIVRE ATITUDE GLOBAL

Grupo de sem terra invade escritório da Idaron e fazem servidores como ‘reféns’, em Monte Negro

LCP

Grupo de sem terra invade escritório da Idaron e fazem servidores como ‘reféns’, em Monte Negro

 

Prédio da Idaron em Monte Negro invadido por sem terras

 

Um grupo de cerca de 50 pessoas invadiram na manhã desta segunda-feira (07) a agência da Idaron em Monte Negro e estão impedindo o trabalho dos servidores do órgão. A invasão aconteceu no início da manhã, logo que o prédio foi aberto para o atendimento do público.

Em contado com uma testemunha que está dentro da agência e que pediu para não ter o nome revelado, afirmou à reportagem que o grupo pertence ao "Assentamento Monte Verde", localizado na área de invasão da Fazenda Padre Cícero (Fazenda Jordão), na linha C-35, zona rural de Monte Negro, a área foi ocupada sob violência por integrantes da Liga dos Camponeses Pobres (LCP) ha cerca de dois anos.

Os invasores reivindicam das autoridades que sejam liberadas a movimentação de fichas para a criação de gado dentro da área invadida.

“O grupo chegou a Idaron nas primeiras horas do dia, assim que foi aberto para o atendimento, eles invadiram o prédio e fecharam as portas. Não estão deixando nenhum produtor rural entrar e impedindo o atendimento. Causando constrangimento aos servidores e terceiros, como se fossem "reféns" dentro do prédio". disse a testemunha.

Uma guarnição da Polícia Militar foi acionada e está do lado de fora do prédio acompanhando a movimentação.

Desmatamento e mortes

A invasão da área da Fazenda Padre Cícero começou em 2013, desde então houve o registro de grandes desmatamentos ilegais e conflitos com mortes, o auge dos ilícitos foi nos anos de 2015 e 2016, a época forças de segurança realizaram diversas operações na região com prisões. A área se encontra embargada pelo Ibama por conta dos crimes ambientais (derrubadas).


Fonte:Rondoniavip